Ações europeias fecham em alta por dados econômicos e mudança na Itália

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014 15:47 BRST
 

Por Sudip Kar-Gupta

LONDRES, 14 Fev (Reuters) - As ações europeias fecharam em alta nesta sexta-feira, com a bolsa italiana liderando o movimento com os investidores reagindo positivamente ao novo primeiro-ministro do país, amparadas também por sinais de recuperação das economias da Alemanha e da França.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne os principais papéis do continente, fechou em alta de 0,52 por cento, a 1.332 pontos.

O italiano Ftse/Mib registrou o maior ganho entre os índices acionários da região, subindo 1,62 por cento e levando os ganhos acumulados no ano a quase 8 por cento, superando o avanço de 1,2 por cento do FTSEurofirst 300.

Os rendimentos da dívida italiana também caíram para perto das mínimas em oito anos à medida que investidores digeriram a perspectiva de o líder de centro-esquerda Matteo Renzi tornar-se o novo primeiro-ministro.

O chefe da Integrated Asset Management, Emanuel Arbib, disse que Renzi pode servir de ponte entre divisões políticas e reduzir impostos, o que pode ajudar companhias italianas.

As bolsas alemã e francesa também avançaram após dados mostrarem crescimento econômico melhor do que o esperado nas duas maiores economias da zona do euro.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,06 por cento, a 6.663 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,68 por cento, para 9.662 pontos.   Continuação...