Grupo Pão de Açúcar quer mais lojas em 2014 com mesmo investimento de 2013

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014 17:06 BRST
 

* Até 2016, expectativa é de abertura 645 lojas, média de 215 unidades por ano

* Para 2014, GPA prevê manter a política da redução de despesas gerais e administrativas

SÃO PAULO, 14 Fev (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar deverá manter seus investimentos neste ano em patamar similar ao do ano passado, quando chegaram a 1,85 bilhão de reais, mas acredita poder acelerar a expansão das lojas com a otimização do capital alocado.

Em teleconferência com analistas nesta segunda-feira, o presidente da maior rede varejista do país, Ronaldo Iabrudi, afirmou que o grupo está focado no crescimento, mas com disciplina financeira.

"Vamos investir, em termos de valores, um montante muito próximo do que investimos em 2013, mas a gente tem como objetivo expandir mais do que expandimos, o que significa otimizar o capex (investimento) por metro quadrado", disse.

No ano passado, a companhia inaugurou 128 novas lojas em todas as suas divisões de negócios, que incluem supermercados e lojas de eletrodomésticos e móveis e comércio eletrônico. Até 2016, a expectativa é de abrir cerca de 645 unidades- uma média de 215 por ano -, conforme plano apresentado a investidores no fim de 2013.

Para fazer mais com o mesmo montante de recursos, a companhia contará com o conhecimento adquirido no passado para racionalizar os investimentos, disse o vice-presidente financeiro da companhia, Christophe Hidalgo.

O formato de Minimercado, destinado às compras de conveniência em espaços menores, ajudará o grupo a aumentar o número de lojas, já que exige menos investimento por unidade.

"Depois que você já está abrindo o Minimercado (número) 151, 152, entra em processo de normalização e domínio que permite capturar significativa vantagem", afirmou Hidalgo em conversa com jornalistas nesta sexta-feira.   Continuação...