BCE está pronto para tomar "ação decisiva" se necessário

sábado, 15 de fevereiro de 2014 12:44 BRST
 

FRANKFURT, 15 Fev (Reuters) - O Banco Central Europeu está pronto para tomar uma "ação decisiva" se for preciso caso haja o risco de a inflação ficar atolada abaixo da meta do BCE, de pouco abaixo de 2 por cento, disse o membro do Conselho Executivo Benoit Coeure a um jornal esloveno.

O BCE manteve as taxas de juros em níveis recordes de baixa neste mês apesar de a inflação anual ter desacelerado para 0,7 por cento em janeiro, muito abaixo da meta do banco, de pouco abaixo de 2 por cento.

O BCE optou por esperar até sua reunião de março para avaliar mais informações sobre o quadro econômico antes de decidir se mexe na política monetária.

"A suposição do Conselho Diretor é que a taxa de inflação vai gradualmente crescer até nossa meta de perto, mas abaixo, de 2 por cento", disse Coeure ao jornal esloveno Delo.

"Nós estamos, no entanto, perto da área onde as expectativas sobre a inflação podem ser alteradas e criar riscos à estabilidade dos preços."

"Assim, estamos muito vigilantes sobre os riscos ao nosso cenário básico, que prevê a inflação lentamente voltando aos 2 por cento no médio prazo", acrescentou.

"Seguimos firmemente determinados a manter o alto grau de acomodação monetária que seja apropriada para a economia da área do euro, e não hesitaremos em tomar uma nova ação decisiva se for necessário."