Alcoa irá fechar unidade de alumínio na Austrália

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 10:33 BRT
 

S, 18 Fev (Reuters) - A Alcoa disse que fechará sua unidade de alumínio Point Henry e duas laminadoras na Austrália, destacando as difíceis condições de mercado que as produtoras enfrentam em meio a um fluxo de nova capacidade chinesa.

A Alcoa irá fechar a unidade de 50 anos, após dois anos de revisão que não encontrou indicações de que ela poderia se tornar financeiramente viável.

A Austrália já foi o maior produtor de alumínio do mundo, mas caiu para quinto lugar conforme os custos de produção subiram e os preços caíram.

O fechamento de Point Henry em agosto irá eliminar 190 mil toneladas de capacidade anual de alumínio, ou cerca de 10 por cento da produção total anual da Austrália.

"Os ativos não são mais competitivos e não são financeiramente sustentáveis atualmente ou no futuro", disse o presidente-executivo da Alcoa, Klaus Kleinfeld.

(Por James Regan)