Dólar sobe 0,37% ante real após feriado dos EUA, em linha com outros emergentes

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 18:35 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 18 Fev (Reuters) - O dólar fechou em leve alta ante o real nesta terça-feira, em linha com a apreciação da divisa norte-americana contra outras moedas emergentes, à medida que os investidores estrangeiros voltaram ao mercado após o feriado nos Estados Unidos da véspera.

O dólar subiu 0,37 por cento, a 2,3975 reais na venda, após bater 2,4020 reais na máxima e 2,3878 reais na mínima do dia. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,1 bilhão de dólares nesta sessão, marcada por pequenas variações.

"Na véspera, não houve fluxo de estrangeiros em função do feriado nos EUA e esse movimento está sendo corrigido hoje", afirmou o especialista em câmbio da corretora Icap, Italo Abucater, referindo-se ao feriado do Dia dos Presidentes.

Esse ajuste também levou o dólar a fortalecer-se sobre outras moedas emergentes, que vêm sofrendo forte pressão em meio à onda global de mau humor em relação a ativos de países em desenvolvimento.

O movimento veio a despeito da constante intervenção do Banco Central brasileiro no câmbio. Pela manhã, deu continuidade às intervenções diárias, vendendo a oferta total de até 4 mil swaps cambiais tradicionais, equivalentes a venda futura de dólares. Todos os novos contratos vencem em 1º de dezembro deste ano, com volume equivalente a 198,1 milhões de dólares. A autoridade monetária também ofertou swaps para 1º de agosto, mas não vendeu nenhum.

Após o fechamento dos mercados, o BC anunciou mais um leilão diário nas mesmas condições para quarta-feira.

Além disso, também vendeu o lote integral de 10,5 mil swaps em mais um leilão para rolar os vencimentos de 5 de março. Com isso, o BC já rolou cerca de 63 por cento do lote para o próximo mês, que equivale a 7,378 bilhões de dólares.

Na quarta-feira o BC realizará mais um leilão para essa rolagem, com a oferta de até 10,5 mil contratos com os mesmos vencimentos.   Continuação...