Gulfstream faz mais entregas que Cessna em mercado de jatos executivos

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014 20:49 BRT
 

19 Fev (Reuters) - A Gulfstream tornou-se a segunda maior fabricante de jatos executivos do mundo em entregas em 2013, com as crescentes vendas de suas aeronaves de maior porte ultrapassando a linha de menor porte da Cessna, disse uma fonte da indústria nesta quarta-feira.

A alta demanda no Oriente Médio levou a um boom do mercado de jatos, ajudando a ofuscar a queda do mercado europeu, disse Steve Tyler, chefe da Associação Geral de Fabricantes da Aviação, em teleconferência.

As fortes vendas do negócio de jatos, mais caro, elevaram o faturamento da indústria em 23,1 por cento no ano passado para o maior nível desde 2008, mesmo que o número de novos aviões tenha crescido apenas 0,9 por cento após uma baixa de oito anos.

A Bombardier ficou com o primeiro lugar no mercado de jatos executivos que movimenta 21 bilhões de dólares, com uma fatia inalterada de 26,5 por cento em entregas, graças aos modelos maiores Challenger e Global.

A Gulfstream, uma divisão da General Dynamics, expandiu sua fatia de mercado para 21,2 por cento no ano passado, de 14 por cento em 2012. A Cessna, da Textron, viu sua fatia cair para 20,5 por cento, da liderança do mercado, de 26,9 por cento.

A Embraer planeja começar a entregar o seu Legacy 500, novo jato de tamanho médio, este ano.

A fabricante de aviões brasileira já solidificou a quarta posição mundial como fabricante de jatos executivos, elevando sua participação de mercado para 17,6 por cento no ano passado, ante 14,7 por cento em 2012.

A Embraer e outros têm crescido às custas da Beechcraft Corporation, que saiu da recuperação judicial no ano passado com uma fatia de mercado de 0,9 por cento para seus jatos executivos Hawker, abaixo dos 12,2 por cento em 2008.

(Por Brad Haynes em São Paulo)