Venda de fertilizante no Brasil cresce 8,9% em janeiro, diz indústria

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014 20:52 BRT
 

SÃO PAULO, 19 Fev (Reuters) - As vendas de fertilizantes em janeiro cresceram 8,9 por cento ante mesmo mês de 2013, para 2,206 milhões de toneladas, impulsionadas sobretudo pela demanda para o cultivo do milho safrinha e cana, informou nesta quarta-feira a Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda).

As cultura de algodão, café e trigo também demandaram fertilizantes no mês.

A produção nacional no mesmo período recuou 20 por cento, para 637 mil toneladas,

O Brasil importa cerca de 70 por cento de sua demanda total dos fertilizantes --compostos pelos nutrientes nitrogênio, fósforo e potássio, respectivamente NPK.

As importações destes fertilizantes somaram 1,567 milhão de toneladas no mês passado, alta de 18,3 por cento ante janeiro de 2013..

Mato Grosso concentrou o maior volume de entregas no mês, com 440 mil toneladas, no momento em que o maior produtor de soja do país está colhendo a oleaginosa e avançando com o cultivo da segunda safra de milho, a chamada "safrinha".

O Estado do Paraná recebeu o segundo maior volume, 304 mil toneladas, seguido de Goiás, com 282 mil toneladas.

(Por Fabíola Gomes)