PMI preliminar de indústria da China tem mínima de 7 meses em fevereiro

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 07:36 BRT
 

Por Adam Rose

PEQUIM, 20 Fev (Reuters) - A atividade nas indústrias da China encolheu de novo em fevereiro, mostrou o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar nesta quinta-feira, reforçando as preocupações de uma leve desaceleração da economia a assustando os mercados na região.

O PMI preliminar do Markit/HSBC caiu para a mínima de sete meses de 48,3 em fevereiro ante leitura final em janeiro de 49,5, sendo que leitura abaixo de 50 indica contração.

O festival do Ano Novo Lunar, que começou em 31 de janeiro e pegou o início de fevereiro, provavelmente afetou a produção industrial uma vez que as indústrias fecharam para o maior feriado anual da China.

Assim, alguns analistas alertaram quanto a tirar muitas conclusões do resultado, argumentando que é uma leitura mais curta do que o normal da atividade devido ao feriado, e que outros indicadores têm sido mais fortes.

"Números macro de agências nacionais de estatística até agora pintaram um cenário misto, com o crescimento do comércio e a expansão do crédito acima das estimativas do mercado", disseram Ting Lu e Xiaojia Zhi, do Bank of America-Merrill Lynch, em nota.

O subíndice de emprego do PMI caiu pelo quarto mês seguido para 46,9, nível mais baixo desde fevereiro de 2009, durante a crise financeira global.

O índice ainda mostrou que as novas encomendas caíram abaixo da marca de 50 pela primeira vez em sete meses, enquanto as encomendas de novas exportações foram maiores do que em janeiro, mas ainda assim abaixo de 50.