CVM marca julgamento de Cruzeiro do Sul Corretora para março

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 09:22 BRT
 

SÃO PAULO, 20 Fev (Reuters) - A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) marcou para 25 de março o julgamento envolvendo a Cruzeiro do Sul Corretora, em um processo administrativo instaurado pela falta de correta identificação dos clientes em operações no mercado de valores mobiliários em 2005.

Segundo publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira, o processo avalia irregularidades reiteradas no registro de ordens de operação por parte da corretora, além de uso de prática não equitativa.

Em dezembro do ano passado, a CVM já havia rejeitado uma proposta de acordo apresentada por Luis Felippe Índio da Costa, diretor da Cruzeiro do Sul Corretora à época dos fatos, para encerrar processo administrativo.

Costa foi acusado pela autarquia de "não ter agido com o cuidado e a diligência que dele se exigia para coibir" as práticas.

O Banco Cruzeiro do Sul teve a liquidação decretada pelo Banco Central em setembro de 2012, com um rombo de 3,8 bilhões de reais.

(Por Roberta Vilas Boas; Edição de Marcela Ayres)