Expansão da indústria dos EUA tem máxima em quase 4 anos em fevereiro

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 11:29 BRT
 

NOVA YORK, 20 Fev (Reuters) - A atividade industrial nos Estados Unidos cresceu em fevereiro em seu ritmo mais rápido em quase quatro anos em parte pelo crescimento de novos pedidos, mostrou um relatório da indústria divulgado nesta quinta-feira.

A empresa de dados financeiros Markit disse que o Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar cresceu para 56,7 em fevereiro, o mais alto desde maio de 2010, ante os 53,7 registrados na leitura final de janeiro. Leituras acima de 50 indicam expansão.

O componente de novos pedidos saltou para 58,8, também o mais alto desde maio de 2010, enquanto a produção cresceu para 57,2 ante 53,5 em janeiro.

"O PMI preliminar da indústria fornece os primeiros indícios de que a produção se recuperou da desaceleração relacionada ao clima observada em janeiro", disse Chris Williamson, economista-chefe da Markit, em um comunicado.

"Parece provável que haverá mais crescimento nos próximos meses, o que sugere que a saúde da economia permanece robusta."

A leitura preliminar da Markit é baseada em respostas de cerca de 85 por cento dos fabricantes pesquisados nos EUA.

(Por Rodrigo Campos)