Ações da mexicana América Móvil caem ao menor nível em quase 4 meses

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 15:13 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 20 Fev (Reuters) - As ações da gigante mexicana de telecomunicações América Móvil caíram nesta quinta-feira, após um corte na recomendação pelo Barclays e a notícias de que seu dono, o magnata Carlos Slim, planeja uma aquisição amistosa da Telekom Austria.

Às 14h02 (horário de Brasília) a ação da empresa caía 2,5 por cento na bolsa mexicana, tendo atingido o menor nível desde outubro.

Segundo uma reportagem da revista News, o multibilionário busca comprar a empresa por meio de um acordo com seu principal acionista austríaco que poderia levar a uma oferta pública de ações.

A notícia se juntou a um corte na recomendação pelo Barclays para as ações da companhia, reduzindo o preço-alvo de 21 para 20 pesos mexicanos.

(Por Noé Torres e Miguel Angel Gutiérrez)

 
Logotipo da companhia de telecomunicação América Móvil fotografado na recepção de uma das sedes da empresa, na Cidade do México. As ações da gigante mexicana de telecomunicações América Móvil caíram nesta quinta-feira, após um corte na recomendação pelo Barclays e a notícias de que seu dono, o magnata Carlos Slim, planeja uma aquisição amistosa da Telekom Austria. 13/02/2013. REUTERS/Edgard Garrido