20 de Fevereiro de 2014 / às 19:19 / em 4 anos

Walmart fecha 25 lojas no Brasil e diz que melhora no país é prioridade

(Reuters) - O Walmart informou nesta quinta-feira que fechou 25 lojas no Brasil no quarto trimestre fiscal encerrado em janeiro, período em que seu lucro líquido consolidado caiu 21 por cento afetado por encargos trabalhistas e queda dos ganhos de operações internacionais.

O impacto já havia sido estimado pela maior varejista do mundo no fim de janeiro, quando anunciou a redução das suas estimativas de desempenho para o período.

Segundo a companhia, passivos fiscais trabalhistas no Brasil afetaram o seu lucro trimestral em 0,06 dólar por ação, ao passo que contingências de funcionários tiveram um peso de 0,05 dólar por papel.

“O Walmart Brasil tem experimentado um aumento significativo das reivindicações trabalhistas nos últimos anos, como resultado dos esforços da empresa para melhorar a produtividade e reduzir custos”, afirmou a varejista, em comunicado.

O fechamento das lojas no Brasil também impactou os resultados, disse o Walmart, lembrando que no período foram encerradas outras 29 lojas na China.

Excluindo estes e outros itens não recorrentes, o Walmart lucrou 1,60 dólar por ação no trimestre, abaixo do patamar de 1,67 dólar por papel registrado um ano antes. No total, o lucro líquido da companhia no período somou 4,65 bilhões de dólares ante 5,88 bilhões um ano antes.

As vendas globais da companhia subiram 1,5 por cento na mesma base de comparação, a 129,7 bilhões de dólares.

OPERAÇÕES

Enquanto o lucro operacional do Walmart nos Estados Unidos ficou praticamente estável ante igual trimestre do ano anterior, a 6,38 bilhões de dólares, o lucro operacional das operações internacionais caiu 45,8 por cento, a 1,31 bilhão de dólares.

O presidente-executivo do Walmart Internacional, David Cheesewright, explicou o forte recuo pela combinação de vendas fracas, despesas mais altas e investimentos em competitividade de preços e em comércio eletrônico.

“Nós iniciamos ações no México, Brasil e China para melhorar nosso desempenho operacional, e esta é uma prioridade para o ano fiscal de 2015”, afirmou Cheesewright em nota, sem detalhar as mudanças implementadas.

Às 15h21, as ações do Walmart operavam em baixa de 1,8 por cento, após a empresa divulgar mais cedo previsões decepcionantes de desempenho para o ano.

Na avaliação da companhia, cortes drásticos ​​no programa de combate à fome dos Estados Unidos, além de aumento dos impostos sobre os salários devem afetar a renda disponível dos consumidores norte-americanos, seu principal público.

Para combater a vendas fracas, ampliar sua base de clientes e afastar rivais agressivos, o Walmart disse que vai dobrar o número de novas lojas de menor porte que originalmente previa abrir nos EUA.

A varejista quer inaugurar entre 270 a 300 lojas desse formato neste ano fiscal, ante 120 a 150 novas unidades previstas anteriormente, com um desembolso extra de 600 milhões de dólares.

Atualmente, a empresa opera 346 lojas de pequeno porte e 4.000 supermercados.

Por Marcela Ayres, com reportagem de Phil Wahba em Nova York

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below