Moody's: meta fiscal do Brasil está em linha com perspectiva estável de rating

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014 18:39 BRT
 

20 Fev (Reuters) - A agência de classificação de risco Moody's avalia que a meta de superávit fiscal do Brasil anunciada nesta quinta-feira, de 1,9 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), está em linha com a perspectiva estável do rating "Baa2" atribuído ao país.

"Ainda que o anúncio ajude a diminuir as preocupações do mercado, neste momento estamos mais focados no resultado final", afirmou em mensagem por e-mail à jornalistas o analista da Moody's para o Brasil, Mauro Leos.

"Um superávit primário de 1,9 por cento do PIB pode ser suficiente para evitar uma deterioração nos indicadores de dívida do Brasil, que devem se manter próximos a 60 por cento do PIB, não apresentando melhora significativa em relação ao ano passado", acrescentou.

Para Leos, o anúncio do governo brasileiro é uma indicação de que não deve haver ajuste fiscal relevante antes das eleições presidenciais.