February 20, 2014 / 10:10 PM / 3 years ago

Lucro da Renner cresce 46,4% no 4o tri, e fica acima das projeções

4 Min, DE LEITURA

RIO DE JANEIRO, 20 Fev (Reuters) - A varejista de moda Lojas Renner teve lucro líquido no quarto trimestre acima do esperado pela média do mercado, com uma diluição de despesas operacionais e boa aceitação da coleção de primavera-verão.

O lucro da varejista foi de 216,2 milhões de reais entre outubro e dezembro, crescimento de 46,4 por centro sobre o resultado daquele período em 2012.

A média das estimativas de analistas obtidas pela Reuters apontava para lucro líquido de 198,1 milhões de reais para o quarto trimestre.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado total foi de 390,7 milhões de reais, crescimento de 33,7 por cento sobre 2012. A margem no período passou de 24,7 para 29,3 por cento.

"Com uma margem bruta melhor, despesas operacionais melhores e melhor resultado de produtos financeiros, tivemos um lucro líquido maior", disse à Reuters o diretor administrativo e financeiro e de relações com investidores da companhia, Laurence Gomes.

A relação entre a receita líquida e as despesas caiu para 28,3 por cento no quarto trimestre, ante 30,7 por cento um ano antes, resultado de um processo iniciado pela companhia no segundo trimestre do ano passado, de acordo com o executivo.

O resultado de produtos financeiros cresceu 22,7 por cento, para 40,1 milhões de reais entre outubro e dezembro. Além de destacar o resultado de cartões, a companhia também cita a baixa inadimplência, que continua em seus níveis mínimos históricos.

Já a margem bruta da operação de varejo apresentou melhoria de 0,9 ponto percentual, chegando a 54,7 por cento, maior nível histórico já alcançado pela companhia.

"Isso se deu em função da assertividade da coleção primavera-verão e da execução eficiente de alocação de produto", disse o executivo.

Apesar do avanço de 12,6 por cento ano a ano da receita líquida, que atingiu 1,333 bilhão de reais no quarto trimestre, as vendas mesmas lojas (abertas há mais de 12 meses) caíram 6,9 pontos percentuais, encerrando dezembro em 5,5 por cento.

Segundo o executivo, este indicador ficou dentro das expectativas da companhia e teve o impacto da forte base de comparação do quarto trimestre de 2012, quando ficou em 12,4 por cento.

Investimento

Em 2014, a Renner pretende investir 532,8 milhões de reais, 29 por cento mais que os 412 milhões aplicados em 2013. A área de área de logística terá atenção maior, após ter aportes postergados no ano passado.

Além disso, pelo plano de expansão da companhia até 2021, neste ano serão abertas de 25 a 30 Lojas Renner, de seis a 10 Camicado e 15 lojas youcom.

Gomes afirmou que a companhia vê um incremento das vendas em 2014 semelhante ao do ano passado, tanto para o varejo quanto para os produtos financeiros.

"Não temos reparado sinais de desaquecimento. O próprio início do ano começou bem, com as vendas performando em linha com nossas projeções", acrescentou, apesar da empresa citar no balanço que vê 2014 como um ano "de inflação provavelmente maior, juros mais altos e PIB com crescimento moderado".

Por Juliana Schincariol

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below