Vitol paga US$2,6 bi por refinaria e postos da Shell na Austrália

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014 11:40 BRT
 

Por Byron Kaye e Florence Tan

SYDNEY/CINGAPURA, 21 Fev (Reuters) - A maior comercializadora global de petróleo, a Vitol , está comprando a refinaria australiana e os postos de combustíveis da Royal Dutch Shell naquele país por cerca de 2,6 bilhões de dólares em sua maior aquisição, buscando capturar uma fatia de um mercado crescente de produtos de petróleo.

A compra jogará a Vitol, com sede na Suíça, contra a arquirrival Trafigura , que se tornou a maior varejista independente de combustível da Austrália no ano passado em um mercado onde as gigantes do petróleo menos ágeis estão buscando cortar perdas.

A Austrália se tornou um dos maiores importadores de combustível da Ásia, criando oportunidades para traders ao passo que as gigantes vem desativando refinarias menores e mais antigas, sob pressão para realocar os investimentos para a produção de petróleo e gás, que gera retornos melhores.

O presidente-executivo da Vitol, Ian Taylor, disse esperar gerar bons retornos do negócio, pois a refinaria, embora pequena, era uma instalação de alta qualidade, com boas cadeias de distribuição no mercado australiano.

Analistas disseram que a aquisição é coerente para a Vitol mesmo que a Shell não pudesse operá-la com um lucro suficiente para mantê-la.

Com a compra na Austrália, que inclui 870 postos de combustíveis, a Vitol está apostando que a demanda australiana por combustível continuará a crescer mais rapidamente do que na Europa, e que eventualmente o mundo terá uma falta de capacidade de refino.

(Reportagem adicional por Sonali Paul, Cezary Podkul e Sarah Young)