Ações asiáticas caem pressionadas pelo mercado chinês

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 07:36 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO, 24 Fev (Reuters) - As ações asiáticas caíram nesta segunda-feira, reacendendo a demanda de porto-seguro pelo iene, conforme papéis do setor imobiliário em queda pressionaram a China e investidores continuaram aflitos sobre o impacto da redução do estímulo do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos.

Às 7h25 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão recuava 0,39 por cento, enquanto o índice japonês Nikkei fechava em queda de 0,2 por cento, anulando ganhos iniciais mas saindo da mínima do pregão.

As ações chinesas recuaram para uma mínima de duas semanas, puxando os mercados de Hong Kong para baixo, à medida que papéis imobiliários e bancários caíram após notícias na China continental que alimentaram temores de que bancos pararam de estender empréstimos para companhias do setor imobiliário.

"Eu sairia dos setores sensíveis a taxas de juros. Está muito difícil de navegar no momento com um crescente risco relacionado à política", disse Hong Hao, estrategista-chefe de ações do Bank of Communication International.

Dados publicados nesta segunda-feira mostraram que o ritmo de crescimento dos preços imobiliários na China desaceleraram em janeiro pela primeira vez em 14 meses, sugerindo que os esforços do governo para esfriar o mercado estão tendo efeito.

Veja o desempenho das bolsas da região:

PONTUAÇÃO VARIAÇÃO % Nikkei 14.837 -0,19% Hong Kong 22.388 -0,80% Xangai 2.076 -1,75% Seul 1.949 -0,45% Taiwan 8.560 -0,48% Cingapura 3.105 +0,19% Sydney 5.440 +0,03%

(Reportagem adicional de Clement Tan)