Nokia sucumbe ao apelo do Android em luta de aparelhos de baixo custo

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 11:13 BRT
 

BARCELONA, 24 Fev (Reuters) - A Nokia, que será comprada em breve pela Microsoft, está se voltando para software desenvolvido pelo arquirrival Google para uma nova linha de telefones que a companhia espera que a torne uma desafiante tardia no dinâmico mercado de smartphones de baixo custo.

Seus primeiros modelos, o Nokia X, X+ e XL, utilizam uma versão aberta do sistema operacional Android criado pelo Google, que se tornou o software mais popular do mundo utilizado em smartphones.

O lançamento dos telefones, dias antes da Nokia vender seu negócio de dispositivos móveis à Microsoft, num acordo de 7,2 bilhões de dólares, é uma tentativa de continuar relevante em mercados emergentes, onde telefones Android com baixo custo são comprados por centenas de milhões de consumidores.

O presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, disse que o mercado havia "mudado dramaticamente", e que o grupo precisava atender o segmento abaixo de 100 dólares, que deve crescer em um ritmo quatro vezes maior que os aparelhos mais caros.

Ele disse numa coletiva de imprensa lotada na feira Mobile World Congress, em Barcelona, que em vez de uma virada de 180 graus na estratégia de usar o Windows Phone da Microsoft para smartphones, esta é uma jogada que apresenta o "próximo bilhão" de usuários ao hardware da Nokia e aos serviços da Microsoft.

"Vemos a linha X complementando o Lumia (Windows Phone) a preços mais baixos", ele disse.

(Por Paul Sandle e Bill Rigby)