Dólar cai 0,25% e vai a R$2,34, com menos pessimismo sobre Brasil

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014 18:36 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 24 Fev (Reuters) - O dólar fechou em queda pela quarta sessão consecutiva nesta segunda-feira, indo ao patamar de 2,34 reais, com investidores estrangeiros ainda desmontando posições compradas diante do arrefecimento no pessimismo sobre as perspectivas fiscais brasileiras.

A moeda norte-americana recuou 0,25 por cento, a 2,3475 reais na venda, após bater 2,3295 reais na mínima do dia, com queda superior a 1 por cento.

Nas últimas quatro sessões, a divisa acumulou perda de 2,09 por cento. Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,4 bilhão de dólares.

"Como disse o próprio Tombini, o fluxo melhorou e as expectativas melhoraram. Com isso, o mercado continua se desfazendo de posições (compradas, que indicam alta do dólar)", disse o economista-chefe da corretora BGC Liquidez, Alfredo Barbutti, acrescentando que sobretudo investidores estrangeiros iam nessa direção.

Ele referia-se a declarações do presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, de que o fluxo positivo de capital para o país nos dois primeiros meses do ano deve ficar perto de 3 bilhões de dólares, após alguns meses de saída líquida.

A melhora nas expectativas foi desencadeada pelo anúncio da nova meta de superávit primário para 2014, que provocou ampla queda do dólar no fim da semana passada.

"O mercado deu uma tranquilizada e o custo de estar comprado em dólar está muito alto. Então, à medida que o pessoal desmonta essas posições, o mercado vai testando novos níveis (de baixa)", disse o economista-sênior do Espírito Santo Investment Bank, Flavio Serrano.

Nesta segunda-feira, a presidente Dilma Rousseff foi na mesma direção, afirmando que o amplo fluxo de investimento estrangeiro do país reforça a resiliência no quadro de transição financeira e monetária, ao mesmo tempo em que reiterou o compromisso com o controle da inflação e das contas públicas.   Continuação...