Câmara vota nesta 3a pedido de investigação sobre Petrobras

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 19:01 BRT
 

BRASÍLIA, 25 Fev (Reuters) - Apesar da mobilização do governo para evitar a movimentação de insatisfeitos na Câmara, o bloco formado por oito siglas resolveu pautar para esta terça-feira a votação de requerimento da oposição para investigar a relação da Petrobras com empresa holandesa acusada de pagar subornos em diversos países.

Em reunião durante o almoço desta terça, lideranças de partidos como PP, PR, Pros, PDT, PSC e PTB, integrantes do grupo informal já chamado de "centrão", definiram apoio a esta iniciativa da oposição, além de terem decidido trabalhar pela votação de projeto que obriga distribuidoras de energia elétrica e devolverem quantia bilionária a consumidores.

Antes disso, porém, os deputados precisam ainda votar um pedido do PT para que haja votação nominal de um requerimento de retirada de pauta da proposta de criação da comissão externa para investigar a Petrobras.

Na segunda-feira, em reunião com líderes da qual participaram o vice-presidente da República, Michel Temer; a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti; e o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, o governo se disse disposto a dialogar.

Colocou à disposição dos deputados pelo menos uma dúzia de ministros, para tratar tanto de projetos, quanto de execução de emendas parlamentares, e ainda reforçou compromisso pela liberação de emendas parlamentares remanescentes do ano passado.

Na semana passada, a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, afirmou que a estatal abriu uma auditoria interna para apurar se há alguma relação da empresa com denúncias de propina envolvendo a empresa holandesa SBM Offshore.

A empresa de plataformas é investigada por supostos pagamentos de suborno para obter contratos em países em que mantém negócios.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)