Repsol diz que pode vender fatia de 12% na YPF

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 11:08 BRT
 

MADRI, 26 Fev (Reuters) - A petroleira espanhola Repsol disse nesta quarta-feira que não tem mais restrições legais que a obriguem a manter sua participação de 12 por cento na argentina YPF e vai analisar todas as opções possíveis em relação a esta participação.

A Repsol chegou na terça-feira a um acordo com o governo argentino para estabelecer mecanismos de pagamento para a compensação de 5 bilhões de dólares em títulos do país sul-americano pela expropriação de 51 por cento de participação na YPF.

"Já que não temos a obrigação legal de manter 12 por cento da YPF (...), vamos analisar todas as opções possíveis", disse o presidente da Repsol, Antonio Brufau.

"Junto com os recursos obtidos com a venda de GNL, a opção de potencialmente vender os 12 por cento da YPF nos permitirá continuar nosso caminho de crescimento sustentável no negócio de "upstream" (exploração e produção de petróleo)", acrescentou o executivo.

Além disso, a empresa anunciou que vai investir 3,6 bilhões de euros em 2014 em suas áreas de exploração/produção e refino/comercialização, além de outros itens.

A petroleira afirmou que 75 por cento dos investimentos serão em exploração e produção e 22 por cento para refino e comercialização.

(Por Andres Gonzalez)