CORREÇÃO-Vendas reais dos supermercados no Brasil sobem 4,5% em janeiro

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 12:19 BRT
 

SÃO PAULO, 26 Fev (Reuters) - As vendas reais dos supermercados no Brasil subiram 4,5 por cento em janeiro ante igual mês de 2013, num resultado considerado positivo pela associação que representa o setor, Abras.

Segundo o presidente do Conselho Consultivo da entidade, Sussumu Honda, o avanço foi impactado pela massa de rendimento médio do trabalhador, que cresceu 3,3 por cento em janeiro sobre o mesmo período do ano passado.

Ele também citou uma base de comparação fraca para justificar o resultado. "No início do ano passado as vendas começaram a crescer de forma mais lenta e só ganharam maior ritmo a partir de julho, beneficiadas pela redução do ritmo da inflação de alimentos e também pelo impacto da desoneração da cesta básica", afirmou.

Na comparação com dezembro, houve queda de 20,85 por cento nas vendas reais do setor supermercadista em janeiro.

No mês passado, a Abras afirmou esperar um avanço de cerca de 3 por cento para as vendas reais em 2014, após um crescimento de 5,36 por cento registrado no ano passado.

PREÇOS

A cesta AbrasMercado, composta por 35 produtos de amplo consumo pesquisados pela GfK, teve alta de 4,47 por cento em janeiro sobre o mesmo mês de 2013, e de 1,15 por cento sobre dezembro, chegando a chegando a 364,51 reais.

Os produtos com maior alta em relação ao último mês de 2013 foram cebola (+16,40 por cento), carne traseiro (+6,63 por cento) e arroz (+4,29 por cento). Na outra ponta, as maiores quedas foram sofridas por farinha de mandioca (-4,68 por cento), leite longa vida (-4,17 por cento) e tomate (-3,79 por cento).

(Por Marcela Ayres)