Venda de etanol do centro-sul cresce 23% no acumulado da safra, diz Unica

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 14:36 BRT
 

SÃO PAULO, 26 Fev (Reuters) - As vendas totais de etanol das usinas do centro-sul do Brasil para o mercado interno aumentaram 23,2 por cento no acumulado da safra 2013/14 (abril a 16 de fevereiro) ante igual período do ciclo anterior, para 20,31 bilhões de litros até 16 de fevereiro, informou nesta quarta-feira a associação que reúne a indústria.

Somente nos quinze dias de fevereiro, as vendas internas no centro-sul somaram 939 milhões de litros, alta de 16,5 por cento ante igual intervalo do ano passado, mostrou o relatório quinzenal da União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).

O centro-sul, principal região produtora do país, com fatia de 90 por cento da oferta total de cana, está no período de entressafra, após a conclusão da moagem na região.

O número reflete a crescente demanda no mercado interno, que vem contribuindo para elevar o preço do etanol ante o período de entressafra do ano anterior, como ressaltou a entidade na véspera.

O indicador semanal Cepea/Esalq, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, base usina em São Paulo, apontava o preço do etanol hidratado em 1,4148 real por litro na última sexta-feira, cerca de 23 por cento maior que em período equivalente do ano anterior.

O aumento nos preços ocorre apesar de uma oferta maior no centro-sul.

A moagem de cana no acumulado da safra atingiu o recorde 596,2 milhões de toneladas, alta de quase 12 por cento na comparação com o ciclo 2012/13.

Mas enquanto a produção de açúcar avançou apenas 0,57 por cento, para 34,27 milhões de toneladas, a produção de etanol teve salto de quase 20 por cento, para 25,52 bilhões de litros.

O crescimento na oferta reflete decisão da indústria, que diante de uma relação de preços mais vantajosa, optou por produzir mais etanol.   Continuação...