Produção de minério da Vale recua 3% em 2013; fica abaixo da meta

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 20:55 BRT
 

RIO DE JANEIRO, 26 Fev (Reuters) - A produção de minério de ferro da Vale recuou 3 por cento no ano passado, para 299,79 milhões de toneladas, volume um pouco abaixo da meta de produção da companhia de 306 milhões de toneladas para 2013.

A maior produtora de minério do mundo enfrentou restrições na capacidade de transporte da commodity em Carajás, no Pará, além chuvas fortes em minas do Sudeste, que levaram a empresa a decretar "força maior" em dezembro.

A Vale disse que os "contratempos na produção", que levaram a empresa a não cumprir sua meta, foram solucionados em janeiro, "corroborando nossa confiança na entrega do nosso plano de crescimento".

A empresa está investindo em ampliação da logística na região, o que deverá resolver a questão, segundo afirmaram executivos da companhia recentemente.

Por outro lado, a Vale aumentou a sua produção de níquel, outra importante fonte de receita, em quase 10 por cento em 2013, para 260 mil toneladas. Foi o maior volume desde 2008.

A mineradora elevou a extração de níquel em minas do Canadá, Indonésia e Nova Caledônia. No Brasil, porém, a produção despencou, com reparo de um forno na planta de Onça Puma.

A planta reiniciou suas operações no quarto trimestre após o fechamento em meados de 2012. Em dezembro de 2013, a produção de Onça Puma foi de 1,3 mil toneladas, cerca de 62 por cento de sua capacidade nominal.

A produção de potássio também diminuiu, devido a parada de manutenção da unidade Taquari-Vassouras.

A Vale produziu 126 mil toneladas no quarto trimestre de 2013, volume 21,6 por cento abaixo do alcançado um ano antes.

(Reportagem de Sabrina Lorenzi; Edição de Roberto Samora)