CCR e Ecorodovias estão entre empresas autorizadas a fazer estudos sobre BR-101

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 09:07 BRT
 

SÃO PAULO, 27 Fev (Reuters) - As empresas CCR e Ecorodovias aparecem entre as 12 empresas que foram autorizadas pelo Ministério de Transportes a realizar estudos sobre a concessão da BR-101/RJ, segundo portaria publicada no Diário Oficial desta quinta-feira.

A concessão do trecho da BR-101 entre o acesso à Ponte Presidente Costa e Silva (Ponte Rio-Niterói) e a RJ-071 (Linha Vermelha) vence em maio de 2015 e o governo pretende realizar um novo processo de licitação.

Além das duas companhias, também foram autorizadas a realizar estudos as empresas Carioca Christiani-Nielsen Engenharia, Construtora Cowan, Construtora Queiroz Galvão, Empresa Global de Projetos (EGP), Estruturadora Brasileira de Projeto (EBP), Invepar, Odebrecht Transport, Planos Engenharia, Proficenter Construções e Saitec Brasil.

O prazo final para a elaboração e apresentação dos estudos técnicos será de 120 corridos a partir da publicação de um termo de referência pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em sua página na internet.

(Por Roberta Vilas Boas; Edição de Marcela Ayres)