Lucro da BRF desaba no 4o tri, mas encerra 2013 com alta de 38%

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 22:25 BRT
 

SÃO PAULO, 27 Fev (Reuters) - O lucro líquido da empresa de alimentos BRF recuou 60 por cento no quarto trimestre de 2013, para 208 milhões de reais, por gastos financeiros e despesas operacionais mais elevados em um ambiente de vendas mais fracas no mercado interno.

A empresa líder nas vendas globais de carne de frango e quarta maior exportadora do país encerrou o ano, contudo, com lucro de 1,1 bilhão de reais, alta de 38 por cento ante 2012.

A BRF teve lucro líquido de 208 milhões de reais nos últimos três meses de 2013, abaixo das estimativas, ante 520 milhões de reais no mesmo período do ano anterior, informou a empresa nesta quinta-feira. A média das estimativas em relatórios de seis bancos e corretoras apontava para uma queda de 44,3 por cento no lucro, para 313 milhões de reais.

A receita líquida somou 8,2 bilhões de reais no trimestre, alta 0,8 por cento na comparação anual. O volume total de vendas, contudo, caiu 8,1 por cento na mesma comparação, para 1,5 milhão de toneladas.

No comunicado, a empresa disse que o resultado refletiu "um ambiente de consumo mais desafiador no mercado interno, desde meados de 2013, o que também comprometeu volumes".

As vendas internas geraram 4,719 bilhões de reais no trimestre, enquanto as externas somaram 3,489 bilhões de reais.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) trimestral, importante indicador operacional, caiu 2 por cento, para 773 milhões de reais.

As despesas operacionais cresceram 8,9 por cento no trimestre, para 1,4 bilhão de reais. No ano, essas despesas somaram 5,1 bilhões reais, alta de 8,1 por cento ante 2012.

As despesas administrativas subiram com a contratação de consultorias externas, para dar suporte aos projetos do Plano de Aceleração e ao Planejamento Estratégico da BRF, e com gastos maiores com tecnologia da informação e campanha de marketing.   Continuação...