BOLSA EUA-S&P tem novo recorde, mas preocupações com Ucrânia aumentam

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 19:59 BRT
 

NOVA YORK, 28 Fev (Reuters) - O S&P 500 encerrou com mais um recorde de fechamento nesta sexta-feira, mas abaixo do teto do dia, enquanto preocupações sobre tensões na Ucrânia fizeram investidores realizarem lucros antes do fim de semana.

Dow Jones subiu 0,3 por cento, para 16.321 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,28 por cento, para 1.859 pontos, um recorde de fechamento. O S&P atingiu recorde intradia de 1.867 pontos.

O Nasdaq Composite caiu 0,25 por cento, para 4.308 pontos.

No mês, o Dow subiu 4 por cento, o S&P 500 subiu 4,3 por cento e o Nasdaq subiu 5 por cento. Na semana, o Dow teve alta de 1,4 por cento, o S&P 500 subiu 1,3 por cento e o Nasdaq subiu 1 por cento.

Os três maiores índices fecharam o mês com fortes ganhos, no entanto. O Dow teve seu maior ganho mensal desde janeiro de 2013, enquanto S&P 500 teve seu melhor mês desde outubro.

No início do pregão, o S&P 500 atingiu um recorde intradia pela segunda vez esta semana, enquanto a confiança do consumidor e outros dados ofuscaram a recente tendência de dados econômicos fracos.

Mas os índices passaram a operar no negativo depois que o novo presidente da Ucrânia acusou a Rússia de agressão aberta e disse que Moscou enfrentaria um cenário semelhante ao da guerra com a Georgia em 2008.

"Há uma conversa sobre o (envolvimento) da Rússia na Ucrânia, e isso está deixando as pessoas nervosas", disse Michael James, chefe de renda variável da Wedbush Securities em Los Angeles.

"Não sabemos o que vai acontecer no fim de semana, então as pessoas estão garantindo ganhos."

O Nasdaq permaneceu em território negativo no pregão, e as ações de tecnologia, incluindo Apple e Salesforce.com estavam entre as maiores quedas do S&P 500.

(Por Caroline Valetkevitch)