Obama pode não ir à cúpula do G8 em Sochi se Rússia intervir na Ucrânia

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 21:05 BRT
 

WASHINGTON, 28 Fev (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e líderes europeus consideram não ir a uma cúpula do G8 na cidade russa de Sochi, se a Rússia intervir militarmente na Ucrânia, disse uma autoridade sênior norte-americana nesta sexta-feira.

O funcionário, que falou sob condição de anonimato, disse que os EUA estão fazendo consultas com os seus parceiros europeus sobre as consequências potenciais que qualquer intervenção na Ucrânia poderia custar à Rússia.

Autoridades dos EUA disseram que Washington tem visto indicações de movimentos de tropas na região da Crimeia, na Ucrânia, nesta sexta-feira, mas seus números não são claros, assim como as intenções daqueles movimentos.

(Reportagem de Matt Spetalnick)