PMI oficial da China cai a 50,2 em fevereiro, nível mais baixo em 8 meses

sábado, 1 de março de 2014 11:48 BRT
 

Por Kevin Yao

PEQUIM, 1 Mar (Reuters) - A atividade do setor industrial da China desacelerou em fevereiro para o nível mais baixo em 8 meses, mostrou uma pesquisa do governo, reforçando os sinais de uma modesta desaceleração na economia conforme a demanda enfraquece.

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial caiu para 50,2 em fevereiro, dos 50,5 registrados em janeiro, informou neste sábado a Agência Nacional de Estatísticas, apenas levemente acima da expectativa do mercado, de 50,1.

Uma leitura do PMI acima de 50 indica expansão da atividade, enquanto abaixo deste nível ela mostra contração.

Uma pesquisa preliminar divulgada na semana passada pelo HSBC e Markit Economics mostrou que a atividade do setor industrial tinha atingido o nível mais baixo em 7 meses, a 48,3.

O subindice de novas encomenda do PMI oficial da China caiu em fevereiro para o nível mais baixo em 8 meses, a 50,5, dos 50,9 de janeiro, e o subindice de encomendas de exportação caiu para 48,2, também no nível mais baixo em 8 meses, ante 49,3 no mês anterior.

"A julgar pela demanda de mercado e produção em algumas indústrias, nós esperamos que o crescimento econômico permaneça estável no futuro", disse Zhang Liqun, economista no Centro de Pesquisa de Desenvolvimento, que ajuda a compilar o PMI.

O PMI oficial chinês, que pesquisa empresas grandes e estatais, tem normalmente apresentado um resultado melhor que a pesquisa privada, que cobre empresas menores e privadas. O PMI oficial está acima do nível de 50 pontos desde outubro de 2012.