Ministros das Finanças do G7 dizem estar prontos para ajudar Ucrânia

segunda-feira, 3 de março de 2014 10:07 BRT
 

WASHINGTON, 3 Mar (Reuters) - Os ministros das Finanças do G7 de países desenvolvidos prometeram no domingo apoio financeiro à Ucrânia desde que o novo governo em Kiev busque reformas econômicas solicitadas pelo Fundo Monetário Internacional.

"Estamos unidos em nosso compromisso de fornecer forte apoio financeiro à Ucrânia", disseram ministros do G7 em comunicado conjunto. "A transição para um novo governo na Ucrânia oferece uma oportunidade única de avançar com reformas orientadas ao mercado urgentemente necessárias."

O G7 disse que o FMI, que está enviando uma equipe a Kiev esta semana, precisa estar na dianteira dos esforços para ajudar a Ucrânia com conselhos sobre políticas e ajuda financeira.

"O apoio do FMI será decisivo para destravar assistência adicional do Banco Mundial, de outras instituições financeiras internacionais, da UE, e fontes bilaterais", disseram os ministros.

O G7 é formado por Estados Unidos, Alemanha, França, Canadá, Japão, Itália e Grã-Bretanha.

(Reportagem de Timothy Ahmann)