Chinesa COFCO negocia compra da unidade de agronegócio da Noble, dizem fontes

terça-feira, 4 de março de 2014 15:11 BRT
 

Por Naveen Thukral e Denny Thomas

KUALA LUMPUR/HONG KONG, 4 Mar (Reuters) - A maior trading de grãos da China, a COFCO, está em negociações para comprar a divisão de agronegócios da Noble em um acordo que colocaria o valor da divisão em cerca de 1 bilhão de dólares, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A compra da unidade da Noble ajudaria a China a desenvolver uma poderosa trading de grãos, uma instituição que falta ao país. A trading chinesa Unipec já é uma das maiores compradoras de petróleo bruto do mundo.

A COFCO , que semana passada acertou a compra de uma fatia de 51 por cento na trading holandesa de grãos Nidera, está conduzindo uma avaliação de ativos na unidade da Noble, disseram as fontes que não quiseram ser nomeadas, pois o assunto ainda não é público.

O estágio exato em que as negociações estão ainda não é claro, disseram as fontes, avisando que um acordo sobre a unidade que comercializa e processa grãos pode ou não se concretizar. A estrutura final do acordo está sendo discutida.

A Noble disse em um comunicado que estava atualmente engajada em discussões com um consórcio sobre uma potencial joint venture acerca de sua unidade de agricultura, mas nenhum acordo vinculante foi fechado até o momento.

O comunicado da Noble não identificou a COFCO, que tem apoio estatal na China, como parte do consórcio.

As operações de grãos e óleos da Noble são focadas na América do Sul, Europa e Ásia.

Um porta-voz da COFCO disse que não estava ciente de discussões com a Noble.   Continuação...

 
O presidente do Conselho de Administração da COFCO, Frank Ning, participa de um fórum em Hong Kong. A maior trading de grãos da China, a COFCO, está em negociações para comprar a divisão de agronegócios da Noble em um acordo que colocaria o valor da divisão em cerca de 1 bilhão de dólares, disseram pessoas familiarizadas com o assunto. 14/01/2013 REUTERS/Bobby Yip