Ações em Wall Street sobem com menos tensão entre Rússia e Ucrânia

terça-feira, 4 de março de 2014 18:32 BRT
 

4 Mar (Reuters) - As ações nos Estados Unidos tiveram um rali nesta terça-feira, e o S&P atingiu um recorde de alta, enquanto os temores de um confronto entre Rússia e Ucrânia diminuíram após o presidente russo, Vladimir Putin, afirmar que não havia necessidade do uso de força militar na região da Crimeia no momento.

O índice Dow Jones subiu 1,41 por cento, para 16.395 pontos, enquanto o S&P 500 teve alta de 1,53 por cento, para 1.873 pontos, renovando um recorde recente. O Nasdaq Composite ganhou 1,75 por cento, para 4.351 pontos.

Os ganhos ocorreram após fortes perdas das ações nos Estados Unidos na segunda-feira.

As ações globais se recuperaram, enquanto o ouro caiu cerca de 1 por cento, após alta de quase 2 por cento na segunda-feira.

Os preços do petróleo, que subiram mais de 2 por cento na segunda-feira, reverteram parte dos ganhos da sessão desta terça-feira.

Putin ordenou que tropas envolvidas para exercício militar perto da fronteira com a Ucrânia voltassem à base, tentando aliviar as tensões um dia depois que as ações russas, títulos e moedas foram afetados.