Crise na Ucrânia pode afetar preços de alimentos em março, diz FAO

quinta-feira, 6 de março de 2014 08:03 BRT
 

ROMA, 6 Mar (Reuters) - A crise na Ucrânia pode afetar o preço dos alimentos em março e causar volatilidade do mercado no futuro próximo, a menos que a situação melhore, disse um economista da agência da ONU para alimentos nesta quinta-feira.

"A situação na Ucrânia... não teve um impacto no nosso índice no mês passado, suas implicações, se houve alguma, serão sentidas neste mês", disse o economista sênior da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO, na sigla em inglês) Abdolreza Abbassian.

"As coisas podem voltar ao normal uma vez que melhore a situação na Ucrânia. Caso contrário, pode haver mais volatilidade nos mercados no futuro próximo."

A Ucrânia vive uma crise política que culminou com a deposição do presidente Viktor Yanukovich pelo Parlamento do país.

O índice de preços dos alimentos da FAO, que mede as mudanças de preços de uma cesta de cereais, oleaginosas, laticínios, carne e açúcar, subiu em fevereiro no maior salto desde meados de 2012. O índice passou para a média de 208,1 pontos em fevereiro, 5,2 pontos acima do índice de 202,9 registrado em janeiro.

(Reportagem de Naomi O'Leary)