Índice S&P 500 fecha com alta recorde após dados de emprego nos EUA

sexta-feira, 7 de março de 2014 19:31 BRT
 

Por Angela Moon

NOVA YORK, 7 Mar (Reuters) - As ações norte-americanas fecharam em alta nesta sexta-feira com o S&P 500 próximo de um recorde depois que mais empregos que o esperado foram criados em fevereiro e os números de janeiro foram revisados para cima.

O Dow Jones subiu 0,19 por cento, para fechar em 16.452 pontos. O S&P 500 subiu 0,05 por cento, para fechar em 1.878 pontos. Mas o Nasdaq Composite caiu 0,37 por cento, para 4.336.

Tanto o Dow como o S&P 500 fecharam em alta pela segunda semana seguida, com o Dow avançando 0,8 por cento e o S&P 500, 1 por cento. O Nasdaq registrou sua quinta semana seguida de avanço, com alta de 0,7 por cento.

As ações da Nike subiram 1,6 por cento, e os papéis da Exxon Mobil tiveram alta de 1,3 por cento, o maior ganho do Dow Jones, e ajudou a média das blue chips ter desempenho melhor que o restante do mercado.

Mas o sentimento geral foi de cautela e as negociações foram voláteis durante a sessão, enquanto investidores ajustaram posições antes do fim de semana e ficaram atentos ao desenrolar da crise na Ucrânia.

O S&P 500 subiu para um recorde intradia de 1.883 pontos logo depois do início do pregão, impulsionado pela informação de que os Estados Unidos adicionaram 175 mil vagas em fevereiro. Economistas esperavam um ganho de 149 mil vagas, de acordo com pesquisa da Reuters.

Mas enquanto o mercado digeria as informações sobre emprego, alguns analistas disseram que os dados levantaram a possibilidade de o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) tomar mais ações em sua reunião deste mês. A expectativa, no entanto, é que o Fed mantenha a redução de seu programa mensal de compra de bônus.