Default de fabricante de equipamentos solares na China cria precedente

sexta-feira, 7 de março de 2014 19:21 BRT
 

XANGAI, 7 Mar (Reuters) - A China registrou seu primeiro default doméstico de bônus nesta sexta-feira, quando a fabricante de equipamentos solares Chaori Solar deixou de cumprir pagamento de juros, um fato importante para disciplinar o mercado da segunda maior economia do mundo.

A Chaori Solar Energy Science and Technology alertou esta semana que poderia pagar menos que 5 por cento dos 89 milhões de iuanes (14,5 milhões de dólares) em juros de uma dívida de 1 bilhão de iuanes em bônus emitidos em 2012.

Depois de uma série de ameaças de calote nos anos recentes, nas quais governos locais intervieram no último minuto para resgatar empresas locais, analistas afirmam que o default deve forçar a uma nova precificação do risco de crédito no mercado.

"O default da Chaori mostra que o governo vai começar a deixar o mercado decidir o destino de empresas fracas", disse Christopher Lee, diretor de ratings corporativo para a China da Standard & Poor's em Hong Kong.

"A incidência de defaults deve provavelmente aumentar, mas de forma controlada", disse, citando os setores de metais, mineração e construção naval como de alto risco de default.

A Chaori não respondeu pedidos de posicionamento nesta sexta-feira.

(Por Gabriel Wildau)