Economistas reduzem projeção de expansão do PIB a 1,68% e Selic a 11% em 2014

segunda-feira, 10 de março de 2014 08:55 BRT
 

SÃO PAULO, 10 Mar (Reuters) - Economistas de instituições financeiras reduziram a projeção de crescimento da economia brasileira neste ano, ao mesmo tempo em que passaram a ver a Selic menor no período, a 11,00 por cento, ante 11,13 por cento na mediana da semana anterior, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central publicada nesta segunda-feira.

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto caiu a 1,68 por cento, ante 1,70 por cento no levantamento anterior. Sobre a inflação, a expectativa para o IPCA neste ano foi ligeiramente elevada a 6,01 por cento, ante 6,00 por cento.

(Por Camila Moreira)

 
Vista aérea da sede do Banco Central em Brasília. Economistas de instituições financeiras reduziram a projeção de crescimento da economia brasileira neste ano, ao mesmo tempo em que passaram a ver a Selic menor no período, a 11,00 por cento, ante 11,13 por cento na mediana da semana anterior, de acordo com a pesquisa Focus do Banco Central publicada nesta segunda-feira. 20/01/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino