Uso da capacidade instalada na indústria brasileira sobe a 82,7% em janeiro, diz CNI

terça-feira, 11 de março de 2014 13:44 BRT
 

BRASÍLIA, 11 Mar (Reuters) - O setor industrial brasileiro iniciou 2014 com aumento do uso da capacidade instalada e expansão em todos os indicadores, com destaque para o faturamento real, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

De acordo com os dados apresentados pela CNI nesta terça-feira, a utilização da capacidade instalada na indústria brasileira ficou em 82,7 por cento em janeiro, com dados dessazonalizados, ante 82,1 por cento em dezembro.

Em janeiro, o faturamento real dessazonalizado da indústria subiu 1,6 por cento frente a dezembro. O dado veio melhor que o apurado no último mês de 2013, quando foi registrada queda de 1,5 por cento ante novembro em número dessazonalizado revisado.

Em janeiro, as horas trabalhadas na produção aumentaram 1,4 por cento na comparação com o mês anterior, enquanto o emprego avançou 0,3 por cento. A massa salarial subiu 0,9 por cento e o rendimento médio teve alta de 1,1 por cento.

Em outro dado sobre o setor industrial também nesta terça-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou aumento de 2,9 por cento na produção em janeiro, numa alta puxada pelo setor de bens de capital.

Em 2013, de acordo com os dados do Produto Interno Bruto (PIB), a indústria cresceu 1,3 por cento sobre 2012, sendo um dos motivos do baixo crescimento de 2,3 por cento registrado pela economia brasileira no ano passado.

(Por Luciana Otoni)

 
Um funcionário parado próximo a portas de um carro da Ford em uma fábrica da companhia em São Bernardo do Campo. O setor industrial brasileiro iniciou 2014 com aumento do uso da capacidade instalada e expansão em todos os indicadores, com destaque para o faturamento real, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). 13/08/2013 REUTERS/Nacho Doce