Cecafé vê aumento nas exportações do Brasil em 2014 apesar de seca

terça-feira, 11 de março de 2014 13:58 BRT
 

SÃO PAULO, 11 Mar (Reuters) - As exportações brasileiras de café deverão subir 6 por cento este ano com a ajuda de estoques abundantes que vão compensar uma seca severa que elevou os preços da commodity nas últimas semanas, disse nesta terça-feira o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

As exportações deverão atingir 33 milhões de sacas de 60 kg em 2014, ante 31,1 milhões de sacas no ano passado, disse à Reuters o diretor-geral do Cecafé, Guilherme Braga.

"Em 31 de março do ano passado, o governo publicou os números nacionais de estoques, que haviam subido para 14 milhões de sacas. Um ano antes, os estoques estavam em 8 milhões de sacas", disse.

Em fevereiro, as exportações de café verde do Brasil somaram 2,5 milhões de sacas, contra 1,97 milhão de sacas embarcadas no mesmo período do ano passado, alta de 27,5 por cento, informou o Cecafé na segunda-feira.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), do governo federal, deve divulgar no fim do mês seu levantamento sobre os estoques de passagem mantidos por exportadores, indústrias, cooperativas e produtores.

O Brasil colheu uma ampla safra de 49,2 milhões de sacas no ano passado, segundo a Conab, embora agentes do mercado tenham estimado a colheita entre 53 milhões e 60 milhões de sacas. No ano anterior, a colheita foi de um volume semelhante.

Uma forte alta nas exportações de café robusta em fevereiro, para 143 mil sacas, deverá ser insustentável ao longo do ano, disse Braga, avaliando que os preços domésticos deverão tornar este café pouco competitivo frente o produzido no Vietnã.

O executivo disse que ainda é cedo para prever a nova safra, que começa a ser colhida em maio.

Uma seca muito forte em janeiro e fevereiro reduziu o potencial da colheita total do país em quase 11 por cento, segundo uma pesquisa da Reuters com analistas, agentes de mercado e produtores.   Continuação...

 
Um trabalhador seleciona grãos de café durante a colheita em uma fazenda em Espírito Santo do Pinhal. As exportações brasileiras de café deverão subir 6 por cento este ano com a ajuda de estoques abundantes que vão compensar uma seca severa que elevou os preços da commodity nas últimas semanas, disse nesta terça-feira o Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé). 18/05/2012 REUTERS/Nacho Doce