Indiana SpiceJet faz pedido de US$4,4 bi por 42 aviões 737 da Boeing

quarta-feira, 12 de março de 2014 09:34 BRT
 

HYDERABAD, Índia, 12 Mar (Reuters) - A companhia aérea indiana de baixo custo SpiceJet assinou um acordo com a Boeing para comprar 42 aeronaves 737 MAX em um negócio avaliado em 4,4 bilhões de dólares a preços de tabela, disse a companhia nesta quarta-feira.

O pedido, que a Reuters noticiou primeiro em janeiro, pode ajudar a deficitária companhia aérea indiana, a quarta maior do mercado indiano, conforme a empresa busca novos investidores.

Os novos jatos começarão a ser entregues em 2018, disse S.L. Narayanan, vice-presidente financeiro da controladora da SpiceJet, a Sun Group, para repórteres em uma feira indiana do setor de aviação, na cidade de Hyderabad.

Os pagamentos pelo pedido serão feitos mais perto da data de entrega, disse ele, se recusando a dar mais detalhes sobre os planos de financiamento.

Narayanan disse que alguns pagamentos para este último pedido serão ajustados em relação às 12 aeronaves Boeing 737 NG de um pedido em curso que a SpiceJet vai trocar pelos modelos 737 MAX.

A SpiceJet divulgou um prejuízo trimestral em fevereiro, sofrendo o impacto de altos custos de combustíveis e uma moeda local fraca. A consultoria do setor de aviação Centre for Asia Pacific Aviation estima que a companhia caminha para o maior prejuízo anual de sua história.

(Por Devidutta Tripathy)