Sabesp questiona critérios de agência sobre revisão tarifária

quarta-feira, 12 de março de 2014 09:54 BRT
 

SÃO PAULO, 12 Mar (Reuters) - A companhia de saneamento do Estado de São Paulo, Sabesp, está questionando os critérios usados pela agência reguladora estadual para a proposta de revisão das tarifas da empresa.

Em apresentação divulgada ao mercado nesta quarta-feira, a companhia pede para a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp) apresentar "especificação e rastreabilidade dos dados" usados pelo órgão para cálculo da revisão e que "os critérios regulatórios sejam objetivamente definidos com base em critérios técnicos".

A agência promove nesta quarta-feira uma audiência pública sobre a revisão tarifária da empresa, em que propôs em fevereiro índice de reajuste de 4,66 por cento para aplicação sobre faturamento a partir de 11 de maio.

Segundo a Sabesp, a Arsesp sugere a utilização de novas tecnologias e materiais para o cálculo de definição das tarifas sem citar o que foi considerado na avaliação. "As justificativas não são coerentes com a linha metodológica adotada pela agência", comentou a companhia controlada pelo governo estadual na apresentação ao mercado.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Marcela Ayres)