Comissão da Câmara aprova convite para presidente da Petrobras esclarecer denúncia

quarta-feira, 12 de março de 2014 12:09 BRT
 

BRASÍLIA, 12 Mar (Reuters) - A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira requerimento para que a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, preste esclarecimentos sobre contratos firmados com a empresa holandesa SBM Offshore.

O convite para que Graça Foster, como prefere ser chamada, compareça à comissão é para esclarecer denúncias de um suposto pagamento de propina a funcionários da Petrobras, segundo o autor do requerimento, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), informou o site da Agência Câmara de Notícias.

A presidente da Petrobras já havia afirmado, em entrevista a jornalistas, que a estatal abriu auditoria interna em fevereiro para apurar se há alguma relação da empresa com denúncias de propina envolvendo a holandesa SBM Offshore.

A empresa de plataformas SBM é investigada por suposto pagamentos de suborno para obter contratos em países em que mantém negócios.

Na noite de terça-feira, a Câmara aprovou a criação de uma comissão externa para acompanhar apurações na Holanda sobre suposto pagamento de propina.

O pedido de criação da comissão, também feito pela oposição, foi aprovado por 267 votos a 28, resultado que reflete o clima de instabilidade política que tomou a Câmara nos últimos dias, envolvendo partidos aliados e que tem como protagonista o PMDB.

(Com reportagem de Maria Carolina Marcello; Edição de Roberto Samora)