Ministério decreta emergência fitossanitária em MG por broca-do-café

quinta-feira, 13 de março de 2014 09:17 BRT
 

SÃO PAULO, 13 Mar (Reuters) - O Ministério da Agricultura decretou emergência fitossanitária em Minas Gerais devido ao risco iminente de surto da infestação por broca-do-café, um inseto que ataca plantações de café.

No decreto, publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial da União, o ministério justifica a emergência devido à gravidade do problema, já que a praga tem "ciclo curto e grande capacidade de proliferação".

A publicação permite a adoção de medidas emergenciais pelo prazo de um ano.

O ministério também cita a "baixa capacidade de resposta disponível pela ausência de alternativas eficientes para seu manejo", acrescentando que grandes perdas na produtividade e qualidade de café podem ter efeitos sobre a economia agropecuária.

Segundo a Embrapa, a broca se alimenta exclusivamente de frutos de café e cria canais que causam o apodrecimento dos grãos e trazem prejuízos ao produtor.

Minas Gerais é o principal Estado produtor de café, produto em que o Brasil lidera a produção e as exportações globais.

(Por Gustavo Bonato)