ANP tem "postura conservadora" para leilões de petróleo este ano

quinta-feira, 13 de março de 2014 20:41 BRT
 

ANGRA DOS REIS, 13 Mar (Reuters) - A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) está adotando uma "postura conservadora" sobre a necessidade da realização de leilões de áreas de exploração de petróleo em 2014, disse nesta quinta-feira a diretora-geral do órgão regulador, Magda Chambriard.

Embora qualquer decisão de venda de direitos para explorar e desenvolver novas áreas no Brasil seja do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), ela disse que sua recomendação está sendo influenciada pelos dois leilões em 2013.

Essas vendas, as primeiras registradas no Brasil em cinco anos, têm dado às empresas de petróleo muito trabalho, afirmou Magda em um evento da indústria de petróleo em Angra dos Reis (RJ).

A relutância da agência em recomendar uma venda este ano, no entanto, não significa que a agência não está elaborando uma lista das áreas com maior probabilidade para serem colocadas à venda no futuro, acrescentou.

"Estamos ativamente olhando e revisando áreas para vender, nós estamos muito ocupados", disse ela. "Ainda no que diz respeito a um leilão este ano, estamos tomando uma postura conservadora."

(Reportagem de Jeb Blount)