Petrobras coloca plataforma P-58 em operação na Bacia de Campos

terça-feira, 18 de março de 2014 13:35 BRT
 

SÃO PAULO, 18 Mar (Reuters) - A Petrobras colocou em operação na segunda-feira a plataforma P-58 no complexo do Parque das Baleias, na Bacia de Campos, na costa do Espírito Santo.

O primeiro poço a entrar em operação foi o 7-BFR-7-ESS, no pré-sal, "que apresentou excelente produtividade, conforme esperado", disse a empresa em comunicado nesta terça-feira.

A P-58, com capacidade de produzir até 180 mil barris de petróleo por dia e mais 6 milhões de metros cúbicos de gás natural, é parte integrante do projeto Norte de Parque das Baleias, que compreende a produção dos campos de Baleia Franca, Cachalote, Jubarte, Baleia Azul e Baleia Anã.

A unidade, do tipo FPSO (que produz, armazena e transfere petróleo, na sigla em inglês), será ligada nos próximos meses a 15 poços, oito deles no pré-sal e sete no pós-sal, além de nove poços injetores.

A Petrobras reafirmou que três novas plataformas entrarão em operação no segundo trimestre de 2014: a P-62, em Roncador, na Bacia de Campos; e a P-61 e a plataforma semissubmersível de apoio à perfuração de poços SS-88 TAD, no campo de Papa Terra.

A Petrobras acrescentou em comunicado separado, por meio da assessoria de imprensa, que as atividades na P-62 "continuam normalmente", negando notícias divulgadas na imprensa brasileira de que a unidade teria sido interditada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

"A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) realizou visita de inspeção à plataforma P-62 nos dias 11 e 12 de março e nenhum serviço foi interditado, estando liberados todos os trabalhos", disse a estatal, em nota.

(Por Gustavo Bonato)

 
Um funcionário faz uma verificação com petróleo na plataforma offshore Cidade Angra dos Reis, no campo de Lula, Rio de Janeiro. 16/02/2011 A Petrobras colocou em operação na segunda-feira a plataforma P-58 no complexo do Parque das Baleias, na Bacia de Campos, na costa do Espírito Santo. REUTERS/Sergio Moraes