EUA dizem que Toyota pagará multa de US$1,2 bi por problemas de segurança

quarta-feira, 19 de março de 2014 12:04 BRT
 

WASHINGTON, 19 Mar (Reuters) - A Toyota pagará 1,2 bilhão de dólares para encerrar uma investigação criminal sobre como lidou com reclamações de consumidores por problemas de segurança, informou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos nesta quarta-feira.

A Toyota admitiu que iludiu consumidores norte-americanos omitindo e fazendo declarações enganosas sobre dois problemas de segurança, sendo que cada um deles causava um tipo de aceleração involuntária, disse o Departamento de Justiça.

O acordo encerra uma investigação de quatro anos das autoridades norte-americanas.

A Toyota enfrenta centenas de processos sobre problemas de aceleração que ganharam notoriedade pública das mortes de um patrulheiro rodoviário da Califórnia e sua família, que segundo relatos foram causadas pela aceleração involuntária de seu Lexus, fabricado pela Toyota.

O defeito na aceleração fez com que a Toyota fizesse o recall de milhões de veículos começando em 2009.

"A Toyota tem cooperado com a Procuradoria dos Estados Unidos nesta questão por mais de quatro anos", disse Carly Schaffner, porta-voz da Toyota, nesta quarta-feira. "Durante esse período, realizamos mudanças fundamentais para nos tornarmos uma organização mais sensível e focada em consumidores, e estamos empenhados em melhoras contínuas".

(Por David Ingram e Aruna Viswanatha)

 
Eric Holder, Procurador-Geral dos Estados Unidos, e Anthony Foxx, Secretário dos Transportes, em uma coletiva de imprensa no Departamento de Justiça em Washington. A Toyota pagará 1,2 bilhão de dólares para encerrar uma investigação criminal sobre como lidou com reclamações de consumidores por problemas de segurança, informou o Departamento de Justiça dos Estados Unidos nesta quarta-feira. 19/03/2014 REUTERS/Yuri Gripas