Varejista russa X5 vende lojas na Ucrânia em meio à crise

quarta-feira, 19 de março de 2014 12:00 BRT
 

MOSCOU, 19 Mar (Reuters) - A varejista russa de alimentos X5 Retail Group está vendendo suas lojas na Ucrânia para a rival local de supermercados Varus, afirmou a varejista ucraniana. Esta é a primeira companhia russa a deixar o país em meio a uma amarga crise política.

A Ucrânia é um dos destinos favoritos para negócios russos, mas a anexação da região do sul da Crimeia por Moscou tem dividido os vizinhos. Alguns políticos ucranianos chegaram a pregar o boicote dos produtos russos.

A X5 é a segunda maior varejista da Rússia e faz parte do Alfa Group, do bilionário Mikhail Fridman.

A porta-voz da empresa ucraniana não deu detalhes da transação, mas o jornal ucraniano Capital noticiou anteriormente que o negócio poderia valer de 5 a 10 milhões de dólares. A venda estava em andamento desde outubro, mas a crise na Crimeia pode ter acelerado o ritmo das conversas.

Já a X5 não quis comentar o assunto.

De acordo com a X5, a contribuição de sua unidade de negócios na Ucrânia para os resultados financeiros é insignificante. Segundo relatório financeiro de 2013, a X5 tem 12 lojas na Ucrânia de um total de 4.544, sendo a maior parte delas na Rússia.

A Varus está comprando os direitos de arrendamento de supermercados da bandeira Perekryostok em Kiev, bem como instalações nas lojas e estoque, disse o jornal Capital.

(Por Maria Kiselyova e Olga Sichkar)