Bolsas nos EUA após Fed mudar prazo para possível alta nos juros

quarta-feira, 19 de março de 2014 18:19 BRT
 

NOVA YORK, 19 Mar (Reuters) - As ações dos Estados Unidos fecharam em queda nesta quarta-feira após declarações da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, elevarem a possibilidade de que as taxas de juros subam mais cedo do que o esperado.

O índice Dow Jones caiu 0,70 por cento, para 16.222 pontos. O índice Standard & Poor's 500 perdeu 0,61 por cento, a 1.860 pontos. O índice Nasdaq recuou 0,59 por cento, para 4.307 pontos.

O banco central dos EUA abandonou a taxa de desemprego como parâmetro definitivo para medir a força da economia e deixou claro que vai passar a analisar uma série de indicadores para decidir quando elevar os juros.

As ações ampliaram as perdas após a Yellen dizer que "o horizonte relevante" entre o fim do programa de compra de ativos e a primeira alta da taxa de juros poderia ser seis meses.

A previsão é que o programa de compra de ativos acabe perto do fim deste ano, e um prazo de seis meses pode significar que a primeira alta dos juros ocorra antes do segundo semestre de 2015, como era esperado.

"Ela certamente mudou um pouco e eu não acho que o mercado estava esperando isso de maneira alguma, pois ela é vista como de perfil mais 'dovish' (expansionista) do que 'hawkish' (contracionista)", afirmou o presidente-execuvito da Clearpool, Peter Kenny.

"O comentário não é 'hawkish', mas a questão é que isso não era esperado."

O Fed também anunciou a redução do programa de compra de ativos para 55 bilhões de dólares ao mês, ante 65 bilhões de dólares.

(Por Caroline Valetkevitch)