Demanda por voos domésticos sobe 11% em fevereiro; Gol se aproxima da TAM

quinta-feira, 20 de março de 2014 15:30 BRT
 

SÃO PAULO, 20 Mar (Reuters) - A demanda por voos domésticos no Brasil registrou aumento em fevereiro deste ano, enquanto a oferta se manteve praticamente estável, impulsionando a taxa de ocupação média das quatro maiores empresas aéreas do país, de acordo com a associação que representa o setor, Abear, nesta quinta-feira.

A associação informou ainda que a participação de mercado da Gol se aproximou da TAM, embora a empresa do grupo Latam Airlines permaneça como líder no mercado.

Em fevereiro, a demanda por voos domésticos cresceu 11,2 por cento sobre igual mês de 2013, enquanto a oferta apresentou leve recuo de 0,5 por cento em igual base de comparação. Com isso, a taxa de ocupação subiu 8,5 pontos percentuais, para 80,6 por cento.

Para Maurício Emboaba, consultor técnico da Abear, o crescimento na demanda surpreendeu. "É uma surpresa positiva porque a economia brasileira não está tão pungente quanto em tempos anteriores. E um crescimento da demanda com estabilidade da oferta, cresce receita sem crescer custos", disse ele, em coletiva de imprensa.

Ainda assim, o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, afirmou que não é possível dizer se o crescimento de dois dígitos continuará neste ano.

Segundo ele, o setor pode estar vendo uma antecipação na demanda de passageiros corporativos antes da Copa do Mundo, com o adiantamento ou postergação de eventos como congressos e reuniões que ocorreriam no período do torneio.

Em participação de mercado das empresas, a Gol diminuiu a diferença sobre a TAM, ficando com uma fatia de 36,83 por cento, ante participação de 37,86 por cento da empresa do grupo Latam Airlines.

Em fevereiro do ano passado, a Gol tinha fatia de 34,27 por cento, enquanto a TAM tinha 41,89 por cento.

Na comparação anual, a Azul teve leve aumento de participação, passando de 16,89 para 16,91 por cento, enquanto a Avianca passou de 6,94 por cento para 8,39 por cento.

No mercado internacional, a demanda aérea teve leve queda de 0,5 por cento, enquanto a oferta caiu 9,6 por cento.

(Por Roberta Vilas Boas)

 
Um Boeing 737-800 da Gol decola enquanto um Airbus A320 da TAM aterrisa no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. A demanda por voos domésticos no Brasil registrou aumento de 11,2 por cento em fevereiro sobre igual mês de 2013, segundo dados das quatro maiores empresas aéreas do país compilados pela associação que representa o setor, a Abear, nesta quinta-feira. 17/01/2014 REUTERS/Nacho Doce