Triunfo vê continuidade de desempenho operacional positivo em 2014

sexta-feira, 21 de março de 2014 12:29 BRT
 

SÃO PAULO, 21 Mar (Reuters) - A empresa de infraestrutura Triunfo acredita que continuará tendo desempenho positivo em suas operações de rodovias, portos, aeroportos e energia em 2014, e com menor pressão do segmento de cabotagem, encerrado no ano passado.

Em teleconferência com analistas sobre os resultados, o diretor financeiro e de relações com investidores da Triunfo, Sandro Lima, disse que o desempenho operacional dos atuais segmentos de atuação da empresa devem manter comportamento positivo visto em 2013, enquanto o impacto do encerramento de cabotagem irá diminuir.

"Esse conjunto vai nos trazer um 2014 igualmente positivo, assim como foi nesses segmentos em 2013, mas quando tivemos impacto da baixa de cabotagem", disse ele.

A Triunfo registrou um prejuízo líquido de 98,9 milhões de reais no quarto trimestre do ano passado, impactado pelo fim da operação de cabotagem, que segundo Lima, não dava visão de fluxo de caixa devido a sua instabilidade.

O executivo afirmou que o segmento ainda deve gerar um impacto negativo de 30 milhões de reais ao longo de 2014, mas bem abaixo dos 170 milhões de reais vistos em 2013.

Para rodovias, Lima destacou que o fluxo de veículos se mantém em alta apesar do crescimento da economia brasileira "distante do ideal".

"Depois de crescer fortemente nos últimos anos, nós continuamos crescendo e isso mostra um desempenho de tráfego bastante forte, descolado um pouco do econômico", disse.

Lima considerou que o cenário para a Portonave, que opera o Terminal Portuário de Navegantes, também poderia ser impactado pelo crescimento menor do Brasil, mas tem mostrado forte crescimento.

A Triunfo também administra o aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), onde um novo terminal deve ser inaugurado em maio. "As obras seguem aceleradas e a partir de maio deste ano teremos um novo aeroporto com forte geração de valor... Estamos ainda operando no terminal antigo, mas mesmo assim mostrando números bastante positivos de crescimento".

Já para o segmento de energia, Lima afirmou que a Triunfo está "capturando de forma importante" o momento de alta nos preços de curto prazo em meio a baixa dos reservatórios das hidrelétricas.

(Por Roberta Vilas Boas)