Dólar cai ao menor nível ante real em 4 meses, com ajuste e após S&P

terça-feira, 25 de março de 2014 17:09 BRT
 

Por Bruno Federowski

SÃO PAULO, 25 Mar (Reuters) - O dólar fechou em queda pela quarta sessão consecutiva nesta terça-feira, no menor nível em quatro meses, mesmo após o Brasil ser rebaixado pela Standard & Poor's na véspera, movimento que já era esperado pelos investidores e, por isso, já havia sido precificado.

A baixa refletiu movimentos técnicos de correção no mercado doméstico e a depreciação da divisa norte-americana no exterior, depois de dados econômicos mais fortes do que o esperado sobre os Estados Unidos.

A moeda norte-americana recuou 0,70 por cento, a 2,3062 reais na venda, menor nível desde 26 de novembro, quando ficou em 2,2957 reais. Na mínima do dia, bateu 2,2989 reais, a primeira vez que vai abaixo do patamar de 2,30 reais também desde novembro passado.

Segundo dados da BM&F, o giro financeiro ficou em torno de 1,5 bilhão de dólares.

"O pessoal está se perguntando: o que tem de ruim pela frente que não está no preço?... Não tem muitos motivos para ficar comprado", disse o operador de câmbio de um importante banco internacional.

Após o fechamento dos mercados na véspera, a S&P cortou a classificação de crédito brasileira em um degrau, para "BBB-", faixa mais baixa da categoria grau de investimento e com perspectiva estável, citando a deterioração das contas públicas do país.

"É como um aluno que já sabia que tinha ido mal na prova, mas ainda tinha alguma esperança. O 'downgrade' só confirmou o que já se esperava", disse o diretor de câmbio do Banco Paulista, Tarcísio Rodrigues.

Segundo analistas, a manutenção do grau de investimento também sugere que o recente quadro de ingresso de divisas no país não deve mudar.   Continuação...