Resseguradora da Allianz na América do Sul prevê salto em prêmios

quarta-feira, 26 de março de 2014 10:58 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO, 26 Mar (Reuters) - Os prêmios da unidade de resseguros da Allianz na América do Sul podem mais do que triplicar para 400 milhões de dólares neste ano, em um sinal de que a maior seguradora da Europa está se expandindo apesar da intensa competição e lentidão de grandes projetos de investimento em alguns países da região, disse um executivo da companhia.

A Allianz Global Corporate and Specialty Re pode obter cerca de metade de sua receita esperada no Brasil, com o restante sendo gerado por contratos na Colômbia, Peru, Bolívia, Equador e Argentina, disse o vice-presidente da companhia Guilherme Perondi. A unidade está próxima de abrir operações no Chile, acrescentou.

No ano passado, a receita de prêmios da resseguradora foi de cerca de 254 milhões de reais (115 milhões de dólares), dos quais 98 por cento por negócios no Brasil. O crescimento de todas as divisões da companhia deve ocorrer por via orgânica, disse Perondi.

Rápido crescimento na demanda por resseguros e cobertura corporativa de alto risco no Brasil permitiram à unidade da Allianz ficar entre os cinco maiores grupos no setor. Os prêmios da indústria no país subiram 36,5 por cento no ano passado, para 4,8 bilhões de reais.

Segundo Perondi, o crescimento para a Allianz veio apesar de atrasos em projetos de infraestrutura no Brasil.

As taxas que seguradoras pagam a resseguradoras para ajudá-las a enfrentar riscos de clientes estão muito baixas no momento e a competição está se intensificando no Brasil, disse o executivo. "A competição nos mercados de resseguro e seguro corporativo no Brasil será intensa por anos", afirmou.